Vídeo: Conheça a Solução Integrada para Cosméticos e entenda como é feita a distribuição dos produtos

Com 15 anos de expertise em fabricação de cosméticos para diversas marcas brasileiras e internacionais, a AGE do Brasil criou, em 2017, a Solução Integrada para Cosméticos. Os serviços oferecidos vão desde a importação de insumos até a distribuição, passando por todas as etapas de fabricação, envase e estoque.

O novo serviço é um grande diferencial da AGE, pois permite que nosso cliente repasse o pedido do comerciante e nós enviamos os produtos diretamente para o atacadista / varejista, sem a necessidade de o cliente fazer essa “ponte” entre fábrica e comércio e o consumidor final, conforme explica Guilherme Jacob, presidente da AGE do Brasil, neste vídeo.

 

Cosméticos

Entenda tudo sobre Solução Integrada para Cosméticos

Em 2017, a AGE do Brasil lançou a Solução Integrada para Cosméticos. Esse novo processo oferecido ao cliente consiste em integrar todas as etapas da produção dos cosméticos: importação, fabricação e distribuição. Dessa forma, o cliente pode ficar focado apenas em desenvolver sua marca.

Quer entender melhor? Se inscreva nessa série de vídeos que o Presidente da AGE do Brasil, Guilherme Jacob, explica como tudo funciona.

Solução

O sistema de gestão de duas unidades AGE do Brasil foram certificados com as normas ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015

Entre 31 de julho a 4 de agosto, o sistema de gestão da Unidade AGE 1 (Palhoça, SC) conquistou a recertificação das normas ISO 9001 e ISO 14001, versão 2015. Entre os dias 14 a 18 de agosto foi a vez da unidade AGE 2 (Vinhedo, SP) passar pelas avaliações necessárias para conquistar as mesmas certificações.

Esse êxito é a resposta de muito trabalho em equipe, seguindo as diretrizes que traçamos ao longo dos anos. Com isso, a AGE do Brasil reafirma sua excelência e a busca constante de melhoria em seus produtos e serviços, sempre mantendo o respeito e a responsabilidade socioambiental.

O próximo desafio já foi proposto pela Direção: a unidade AGE 3 (Vinhedo), recém-inaugurada (maio/2017), iniciará o projeto de implantação da ISO. Dessa forma, em 2018, a AGE do Brasil terá todas as unidades com o sistema de gestão integrado certificado nas normas ISO 9001 e 14001:2015.

 

CERTIFICAÇÕES ISO 9001:2015 E ISO 14001:2015

As certificações emitidas pela International Organization for Standardization (Organização Internacional de Normalização) – ISO – para empresas preocupadas em melhorar suas práticas para otimizar a produção, visando ao cuidado com funcionários, com todo o processo produtivo, com a sociedade e com o meio ambiente.

 

Entenda melhor como funcionam as certificações na produção de cosméticos.

Santa Catarina tem vantagens tributárias em diferentes setores da economia

A instabilidade econômica e a alta carga tributária brasileira repercutem diretamente na competitividade e produtividade das empresas. Isso pode significar cancelamento de contratos, diminuição de investimentos, fechamento de postos de trabalho e a desaceleração da economia. Na busca por alternativas legais que minimizem tributos e fortaleçam suas estratégias de mercado, empresas de diferentes tamanhos têm optado por se instalar ou realizar importações pelo estado de Santa Catarina.

Isso porque a entrada de mercadorias por esse estado tem particularidades que contribuem com a redução de custos, melhoram o fluxo de caixa e a competitividade do negócio. Tudo isso é possível devido a regimes especiais que propiciam a diminuição da base de cálculo dos impostos referentes à importação, além do crédito presumido que, por consequência, converge, atualmente, para a menor taxa tributária do Brasil.

De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ/SC), o benefício fiscal adotado em Santa Catarina é o Tratamento Tributário Diferenciado (TTD) que, após o pedido de concessão aceito pelo fisco estadual, traz vantagens na redução do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS).

 

Programas de desenvolvimento e benefícios

O estado conta também com diversas modalidades de incentivos fiscais para entrada de matéria-prima, inclusive para quem importa insumos do setor de produção de cosméticos e bens destinados ao ativo permanente, que diminuem a incidência do ICMS integral e postergam o recolhimento para o momento da circulação de mercadorias.

Para quem busca alternativas legais para diminuir o impacto tributário em seu negócio, melhorar o fluxo de caixa e se fortalecer no mercado, vale a pena conhecer os benefícios apresentados pelo estado, inclusive nas questões referentes à circulação. O objetivo de Santa Catarina com essas vantagens é atrair novas empresas, abrir mercados, movimentar a economia, gerar empregos e estimular a produção de riquezas. Confira:

  • Programa Pró-emprego

O Programa Pró-emprego foi instituído pela Lei nº 13.992, de fevereiro de 2007, e regulamentado pelo Decreto nº 105, de 14 de março de 2007. Sua meta é gerar mais receita para Santa Catarina bem como o aumento da taxa de empregos no estado, por meio de incentivos fiscais a empreendimentos situados ou que venham a se instalar em território catarinense considerados de relevante interesse socioeconômico.

São considerados de interesse social e econômico os empreendimentos que sejam representados por projetos de modernização tecnológica, expansão, reativação e implantação, pois possuem alto potencial de desenvolvimento social, tecnológico e econômico para o estado de Santa Catarina.

  • Programa Pró-cargas

O Programa Pró-cargas ou Revigoramento do Setor de Transporte Rodoviário de Cargas de Santa Catarina foi instituído pela Lei Estadual nº 13.790, de 2006 e outorga tratamento tributário especial para o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação.

  • Programa Prodec

O Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec) foi instituído pela Lei Estadual nº 13.342, de 2005. Sua principal missão é fomentar o desenvolvimento econômico e social catarinense, concedendo financiamentos e incentivos fiscais a investimentos empresariais ou para participação no capital de empreendimentos que estejam instalados em Santa Catarina.

 

Solução Integrada para Cosméticos

Além dos programas de incentivo o Estado catarinense é um dos melhores lugares do Brasil para importar em função da agilidade dos portos e flexibilidade dos custos. Toda logística é realizada pela AGE do Brasil dentro dos padrões legais, o que oferece aos clientes da terceirização de cosméticos as melhores alíquotas e taxas. Após 15 anos de atividade a AGE do Brasil oferece o pacote de Soluções Integradas para Cosméticos, através dos serviços oferecidos por nossa indústria desenhamos um pacote específico para cada cliente, considerando a necessidade de produção, armazenamento e entrega tudo com padrão de qualidade reconhecido pelas certificações ISO 9001 e ISO 14001.

 

vantagens tributárias

O que é o joint venture? Como esse modelo de negócio beneficia a AGE do Brasil e seus parceiros

Basicamente, joint venture é uma parceria entre duas partes (físicas ou jurídicas) em que ambas mantêm seu caráter e sua identidade, gerando um terceiro elemento, sem que haja fusão das partes. Historicamente, as fusões se davam entre uma empresa do ramo industrial e uma comercial, hoje, é comum a união de empresas do mesmo segmento que se unem para explorar uma atividade comum em um nicho no qual nenhuma das partes está inserida, ampliando suas atuações e seus mercados.

 

O termo joint venture significa “união de risco” e traz no nome uma característica da transação. Juridicamente, cada uma das partes continua existindo independentemente e continuam respondendo judicial e economicamente por seus negócios além da fusão.

 

VANTAGENS DA JOINT VENTURE

Os benefícios dessa modalidade são inúmeros, tanto para as empresas que se associam quanto para o mercado e os clientes. Muitos elos da cadeia – da produção ao consumidor – costumam se favorecer dessas fusões.

Dentre as mais significativas, destacamos:

– menores custos de produção;

– expansão das marcas para novos mercados sem que haja presença física das empresas parceiras;

– troca de experiências e conhecimentos, aquisição de novas técnicas e processos;

– mudança da figura do concorrente e da forma como lidar com a concorrência;

– aumento na qualidade de serviços e produtos;

– conquista de novos mercados.

 

JOINT VENTURE: PARCERIAS DA AGE DO BRASIL

A AGE do Brasil está em expansão e inaugurou recentemente sua terceira unidade, localizada em Vinhedo (SP). Com uma planta de mais de 6.700m², a indústria será responsável pelo atendimento de três segmentos: oral care, sabonetes em barra e cosméticos.

 

O crescimento é reflexo de novos negócios liderados pelo CEO da AGE do Brasil, Guilherme Jacob, que em uma operação de joint venture assumiu a produção da linha de cremes dentais da empresa Bony Brasil, agregando tecnologia e inovação aos produtos.  Além disso, a AGE do Brasil concretizou também a aquisição da terceirista de sabonetes em barra Guati Indústria de Cosméticos.

 

Com esta aquisição e os novos negócios, a terceira unidade da AGE do Brasil já inicia as operações com a produção em alta. A expectativa é produzir quatro milhões de unidades de novos produtos por mês.

 

Para a AGE, o joint venture permite se unir a empresas que possam oferecer algo que não temos – “o melhor de duas partes” – para realizar um trabalho que não é possível separadamente. Por exemplo, AGE oferece o domínio do processo e a gestão de uma indústria a uma empresa que não tem esse conhecimento e isso gera redução de custo.

 

Uma joint venture bem planejada permite que cada parte possa focar em seu nicho: os parceiros da AGE podem focar no seu negócio comercial e de desenvolvimento da marca, enquanto a empresa se responsabiliza pelos processos industriais.

 

joint venture

Investimentos geram carreiras promissoras

Promover um ambiente corporativo saudável, que reconhece os esforços do colaborador, valoriza suas iniciativas e o estimula a crescer é um dos desafios das corporações na atualidade.  Isso porque, além da necessidade de reter talentos, as empresas sabem que a valorização implica na motivação, no comprometimento e gera bons resultados, uma vez que um profissional satisfeito fica mais estimulado a produzir, a inovar, a permanecer no grupo e a compartilhar experiências, o que traz benefícios para toda a corporação.

Assim, promover uma carreira promissora na indústria é tarefa que requer investimentos de ambas as partes: tanto da empresa quanto do funcionário. Do lado da companhia, surge a necessidade de criar ações que favoreçam o reconhecimento e a dedicação dos colaboradores, bem como o aumento de sua capacitação, gerando envolvimento e o sentimento de pertencimento à corporação. Aos funcionários, além da vontade de crescer, vem o compromisso em se capacitar e aproveitar de modo saudável as oportunidades oferecidas pela instituição.

 

Crescimento e referência na carreira

Dentro deste cenário, as empresas precisam investir em ideias, soluções e inovações que mantenham seus talentos. E isso cabe para grupos de todos os tamanhos. Organizações modernas que procuram bons resultados e desejam reter talentos sabem que um ambiente de trabalho saudável é de suma importância para o sucesso da companhia.

Em ambientes como esses, são comuns exemplos de funcionários que iniciaram suas funções em atividades simples como a de auxiliar e, aos poucos, cresceram, chegando ao posto de supervisor ou coordenador. Na AGE do Brasil temos bons exemplos disso. Gente que abraçou as oportunidades, construiu uma carreira sólida e que se tornou referência para os demais colaboradores, estimulando-os a crescer também.

Ficou interessando sobre o tema e deseja aperfeiçoar a sua carreira? Acompanhe as dicas abaixo:

1)      Avalie o seu grau de formação

verifique o seu grau de formação e analise se não está na hora de se aperfeiçoar com um curso novo – técnico, de graduação, ou uma pós-graduação na sua área de atuação. Algumas empresas possuem programas de incentivo e, se este é o caso da instituição em que você atua, não pense duas vezes, aproveite.  Muitos técnicos em química, por exemplo, acabam se tornando excelentes engenheiros e empreendedores, pois já possuem experiência de mercado, o que faz a diferença no dia a dia.

 

2)      Planeje o seu futuro

uma carreira promissora na indústria também requer planejamento. Analise o mercado em que você está inserido, avalie o setor, identifique novas possibilidades de ação dentro daquilo que você já faz, descubra novos nichos. Dentro do seu perfil, trace metas, propósitos e estratégias de ação definindo prazos que nortearão a sua caminhada.

 

3)      Aperfeiçoe habilidades e conheça a si mesmo

nem todo mundo nasceu um grande orador ou um apaixonado por cálculo. Algumas pessoas são mais introvertidas e outras mais extrovertidas. Ciente dos seus pontos fortes e dos seus pontos limitantes, aperfeiçoe ainda mais os fortes e tente melhorar os fracos, de modo a deixá-los menos evidentes. Procure colocações onde você possa por em prática os seus talentos naturais e lembre que uma boa comunicação oral e escrita, capacidade para trabalho em equipe, noções básicas de informática e um segundo idioma fazem a diferença.

 

4)      Conheça o setor em que você atua

Isso abre caminhos para avaliar cenários e organizar a sua caminhada – seja interna, dentro da empresa em que você já atua, ou numa outra, com a qual você se identifica e na qual almeja trabalhar.

 

carreira